Pular para o conteúdo

F1

Globo define: GP dos EUA passará ao vivo, mas só no SporTV

Horário da penúltima prova da temporada coincide com cinco jogos da 36ª rodada do Brasileirão, que pode definir rebaixamento do Palmeiras

Bruno Ferreira, Leonardo Felix e Lucas Berredo, de São Paulo
13/11/2012
Circuito das Américas, em Austin (Foto: Cota/Divulgação)Circuito das Américas, em Austin (Foto: Cota/Divulgação)

Apesar de ter os direitos de transmissão, a Globo não irá exibir neste domingo o GP dos Estados Unidos, penúltima etapa do Mundial de F1, em rede aberta. No entanto, para não deixar de passar a prova ao vivo, a emissora decidiu transferi-la para seu canal de esportes por assinatura, o SporTV.

A informação foi confirmada pelo editor e comentarista do canal, Rodrigo Mattar, em seu perfil no Twitter. “A quem interessar possa: treino oficial de sábado e GP dos Estados Unidos de F1 serão ao vivo no SporTV”, escreveu.

Ao Tazio, Mattar explicou que a classificação, marcada para as 16h de sábado, horário de verão de Brasília, será transmitida pela TV aberta e fechada. Já a corrida, que será disputada às 17h do domingo, estará ao vivo apenas no canal por assinatura, com transmissão de Sergio Mauricio e Lito Cavalcanti. Na Globo, a prova foi programada para passar em VT, após o encerramento do programa “Fantástico”.

Durante semanas o GP dos Estados Unidos esteve sob suspeição de que não seria transmitida ao Brasil, já que seu horário coincide com cinco jogos da 36ª e antepenúltima rodada do Brasileirão, priorizada pela emissora carioca.

Leia mais:
Pirelli fornecerá jogo extra de pneus duros no GP dos Estados Unidos

Globo promete divulgar na terça-feira se vai transmitir GP dos EUA

McLaren está confiante em ter carro melhor após testes em Abu Dhabi

BLOG DO TAZIO: Novo documentário sobre a F1 estreia em Austin

De acordo com a tabela da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), três partidas transmitidas em canal aberto neste horário: Palmeiras x Flamengo, que se enfrentam em Volta Redonda, no Rio de Janeiro; Fluminense x Cruzeiro, no Engenhão; e Bahia x Ponte Preta, em Salvador.

A primeira delas pode consolidar o rebaixamento do Palmeiras para a Série B do Brasileiro – o mote principal do campeonato após o Fluminense se sagrar campeão com três rodadas de antecedência no último domingo, em jogo contra o próprio clube de São Paulo, em Barueri. Na Bahia, o clube homônimo também luta para escapar da queda para a Segundona.

Sediado no recém-inaugurado circuito das Américas, em Austin, o GP dos Estados Unidos, por sua vez, pode marcar o tricampeonato mundial de Sebastian Vettel. Para garantir o título, o alemão, que tem 10 pontos de vantagem para Fernando Alonso, precisa vencer e torcer para o rival chegar, no máximo, em quinto. A corrida também marca o retorno da F1 ao país após um hiato de cinco anos.

Não há informações oficiais sobre alguma cláusula no contrato com a FOM (Formula One Management) que obrigue a Globo a transmitir as provas de F1 ao vivo, mas segundo o Tazio apurou, a emissora vem enfrentando dificuldades para convencer Bernie Ecclestone sobre a situação.

Esta não é a primeira vez que a Globo deixa de transmitir ao vivo as etapas da F1 nos últimos anos. Em 2005, flashes do GP dos Estados Unidos, em Indianápolis, foram exibidos durante a partida entre Brasil e México, válido pela primeira fase da Copa das Confederações. Dois anos depois, a emissora preteriu o GP da Espanha, vencido por Felipe Massa, para transmitir a visita do papa Bento 16 ao Brasil.

Já no GP do Canadá de 2011, a forte chuva que provocou uma paralisação de mais de duas horas fez com que o canal interrompesse a transmissão para se voltar ao Campeonato Brasileiro, deixando a corrida ao vivo na íntegra somente para um estado.


F1 - classificação após 19 de 19 GPs

PosPiloto EquipePontos
1º. Sebastian Vettel Red Bull-Renault 397
2º. Fernando Alonso Ferrari 242
3º. Mark Webber Red Bull-Renault 199
4º. Lewis Hamilton Mercedes 189
5º. Kimi Raikkonen Lotus-Renault 183
6º. Nico Rosberg Mercedes 171
7º. Romain Grosjean Lotus-Renault 132
8º. Felipe Massa Ferrari 112
9º. Jenson Button McLaren-Mercedes 73
10º. Nico Hulkenberg Sauber-Ferrari 51
11º. Sergio Pérez McLaren-Mercedes 49
12º. Paul di Resta Force India-Mercedes 48
13º. Adrian Sutil Force India-Mercedes 29
14º. Daniel Ricciardo Toro Rosso-Ferrari 20
15º. Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Ferrari 13
16º. Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 6
17º. Valtteri Bottas Williams-Renault 4
18º. Pastor Maldonado Williams-Renault 1
19º. Jules Bianchi Marussia-Cosworth 0
20º. Charles Pic Caterham-Renault 0
21º. Max Chilton Marussia-Cosworth 0
22º. Giedo van der Garde Caterham-Renault 0
PosEquipe Pontos
1º. Red Bull-Renault 596
2º. Mercedes 360
3º. Ferrari 354
4º. Lotus-Renault 315
5º. McLaren-Mercedes 122
6º. Force India-Mercedes 77
7º. Sauber-Ferrari 57
8º. Toro Rosso-Ferrari 32
9º. Williams-Renault 5
10º. Marussia-Cosworth 0
11º. Caterham-Renault 0
DataEtapaCircuito
17/03/2013 GP da Austrália Melbourne
24/03/2013 GP da Malásia Sepang
14/04/2013 GP da China Xangai
21/04/2013 GP do Bahrein Sakhir
12/05/2013 GP da Espanha Barcelona
26/05/2013 GP de Mônaco Monte Carlo
09/06/2013 GP do Canadá Montreal
30/06/2013 GP da Grã-Bretanha Silverstone
07/07/2013 GP da Alemanha Nurburgring
28/07/2013 GP da Hungria Hungaroring
25/08/2013 GP da Bélgica Spa-Francorchamps
08/09/2013 GP da Itália Monza
22/09/2013 GP de Cingapura Marina Bay
06/10/2013 GP da Coreia do Sul Yeongam
13/10/2013 GP do Japão Suzuka
27/10/2013 GP da Índia Buddh
03/11/2013 GP de Abu Dhabi Yas Marina
17/11/2013 GP dos Estados Unidos Austin
24/11/2013 GP do Brasil Interlagos
Window size: 1877 x 1058
Viewport size: 1877 x 919